Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Tecnologista representa CETEM na II Reunião do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal
Início do conteúdo da página

Tecnologista representa CETEM na II Reunião do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal

Publicado: Terça, 14 de Maio de 2019, 09h34 | Última atualização em Terça, 02 de Julho de 2019, 15h54 | Acessos: 155

Importância do uso de dados sociais e econômicos para o planejamento territorial com enfoque na sustentabilidade ambiental será tema apresentado pelo CETEM na mesa redonda desta terça-feira (14).

O tecnologista José Antônio Sena participa da II Reunião do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal, que ocorre de 13 a 17 de maio de 2019, em Brasília - DF. Sena fará, na mesa redonda do dia 14, apresentação em que destaca a importância do uso de dados sociais e econômicos para o planejamento territorial com enfoque na sustentabilidade ambiental.

O Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal foi criado no último Fórum de Governadores da Amazônia Legal, realizado em Macapá, em março de 2019, e se constitui em uma  autarquia  na modalidade de associação pública, com autonomia para captar recursos, promover investimentos e executar projetos de interesse comum aos nove estados da Amazônia brasileira. No encontro, promovido pelo Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM), os representantes irão deliberar sobre o Plano de Ação, mediante a elaboração do planejamento estratégico da autarquia que terá sede na capital federal.

O Consórcio constitui uma importante ferramenta dos gestores da região para propor e implementar políticas públicas para o planejamento econômico e territorial da Região. O principal objetivo dos gestores, ao criar a autarquia, foi impulsionar o desenvolvimento sustentável dos estados membros e ampliar a competitividade da economia dos nove estados.

Por meio do Consórcio, os governadores formulam estratégias para a implementação de uma agenda comum de programas e projetos prioritários, voltada a ampliar os fatores de competitividade e sustentabilidade da região, considerando o potencial de sua economia, de seus recursos ambientais, logística, população e os desafios, também comuns.

registrado em:
Fim do conteúdo da página