Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Parceria Institucional
Início do conteúdo da página

Parceria Institucional

Publicado: Sexta, 24 de Fevereiro de 2017, 11h46 | Última atualização em Segunda, 05 de Fevereiro de 2018, 14h01 | Acessos: 4930

Cooperação Nacional

Parcerias Nacionais do CETEM
Clique na imagem para ampliar.

INSTITUIÇÕES DE CIÊNCIA E TECNOLOGIAUFVigênciaInterlocutor Técnico no CETEMInterlocutor Técnico ParceiroNível de Cooperação
Jan-2017
Objeto
Universidade Federal do Espírito Santo - UFES ES 2018 a 2022 Francisco Hollanda      
Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro - FAU RJ 2017 a 2021 Claudio Schneider      
Centro Universitário Luterano de Palmas – CEULP/ULBRA TO 2017 a 2018 Claudio Schneider      
Departamento de Engenharia de Minas da Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP MG 2017 a 2021 Nuria Castro      
Serviço Nacional de Aprendizagem industrial Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil - SENAI CETIQT RJ 2017 a 2021 Claudio Schneider      
Universidade Federal do Espírito Santo - UFES ES 2017 a 2021 Nuria Castro      
Instituto Federal do Espírito Santo Campus IFES Nova Venécia ES 2016 a 2021 Francisco Vidal   (I) Tecnologia de Rochas Ornamentais
Fundação Técnico Educacional Souza Marques RJ 2016 a 2021 Júlio Correia   (II) Modelagem Molecular
Universidade de São Paulo - USP SP 2016 a 2020 Leonardo Silveira      
Museu de Astronomia e Ciências afins – MAST RJ 2015 a 2020 Otávio Gomes   (Inicial) Caracterização de peças museológicas
Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL MG 2015 a 2020 Leonardo Silveira   (Inicial)  
Instituto Federal Do Espírito Santo/ Campus Nova Venécia - IFES ES 2015 a 2020 Nuria Castro   (III) Rochas ornamentais e minerais industriais
Universidade Vila Velha – UVV ES 2015 a 2020 Leonardo Silveira   (Inicial)  
Universidade Federal de Pernambuco/Departamento de Engenharia de Minas – UFPE PE 2014 a 2019 Francisco Vidal   (III) Entidade Associada (minerais industriais)
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB BA 2014 a 2019 Francisco Fernandes   (Inicial) Meio ambiente e sustentabilidade
Faculdade do Espírito Santo/UNES, Faculdade de Castelo/FACASTELO, Instituto de Ensino Superior do Espírito Santo/IESES ES 2014 a 2019 Leonardo Silveira   (Inicial)  
Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI/DR-PA PA 2014 a 2019 Diretor CETEM   (Inicial) Processamento Mineral
Pontifícia Universidade Católica/Departamento de Engenharia de Materiais –PUC/DEMA RJ 2014 a 2019 Marisa Monte   (III) Processamento mineral
Universidade Federal do Ceará – UFC CE 2014 a 2019 Paulo Soares   (I) Geotecnia (carvão)
Universidade Estadual do Rio de Janeiro – UERJ RJ 2014 a 2019 Luiz Bertolino   (III) Orientação pós-graduação (geologia)
Fundação Centro Universitário Estadual da Zona Oeste – UEZO RJ 2014 a 2019 Silvia França   (II) Minerais industriais
Universidade Federal Fluminense – UFF RJ 2014 a 2019 Diretor CETEM    
Centro Tecnológico do Mármore e Granito – CETEMAG ES 2014 a 2019 Francisco Vidal   (I) Rochas ornamentais
Departamento de Geologia da Universidade Federal do Ceará - DEGEO/UFC CE 2013 a 2018 Francisco Vidal   (III) Entidade Associada
Departamento de Geologia da Universidade Federal de Pernambuco - DGEO/UFPE PE 2013 a 2018 Francisco Vidal   (I) Entidade Associada (minerais industriais)
Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro – UENF RJ 2013 a 2018 Monica Borlini      
Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ RJ 2013 a 2018 Diretor CETEM   (III) Coorientação, projetos, etc.
Departamento de Engenharia de Minas da Universidade Federal de Pernambuco DEMINAS/UFPE PE 2014 a 2019 Francisco Vidal   (III) Entidade Associada (minerais industriais)
Departamento de Geologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro – DEGEO/UFRJ RJ 2012 até o presente Jurgen Schnellrath   (III) Gemologia (aulas)
Instituto Nacional do Semiárido – INSA PB 2012 até o presente Diretor CETEM   (Inicial) Minerais industriais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Departamento de Engenharia de Minas – Laboratório de Tecnologia Mineral e Ambiental – UFRGS/DENIM/LTM RS 2010 até o presente Claudio Schneider   (III) Passivo ambiental de Criciúma - SC
 
EMPRESASUFVigênciaInterlocutor Técnico no CETEMInterlocutor Técnico ParceiroNível de Cooperação
Jan-2017
Objeto
AMAGRAN Importação e Exportação LTDA ES 2017 a 2018 Leonardo Lyrio      
PETROBRAS/Centro de Pesquisas da Petrobras - CENPES RJ 2017 a 2018 Reiner Neumman      
Mineração Taboca S.A AM 2016 a 2021 Marisa Nascimento   (III) Terras raras
Cia Matogrossense de Mineração/METAMAT MT 2016 a 2021 Zuleica Castilhos   (I) Mineração artesanal de ouro
Anglo American Nióbio Brasil Ltda – AA GO 2015 a 2020 Marisa Nascimento   (III) Terras raras
 
 
ASSOCIAÇÕESUFVigênciaInterlocutor Técnico no CETEMInterlocutor Técnico ParceiroNível de Cooperação
Jan-2017
Objeto
Associação Noroeste de Pedras Ornamentais - ANPO-ES ES 2017 a 2022 Francisco Hollanda Vidal      
Associação Brasileira de Cimento Portland – ABCP e Istituto Internazionale Del Marmo – ISIM SP 2016 a 2021     (II) Aproveitamento de LBRO em argamassas e concretos
Associação Beneficiente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina – SATC SC 2015 a 2020 Paulo Soares   (I) Carvão
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais – ABIROCHAS BR 2014 a 2019 Nuria Castro   (III) Rochas ornamentais
Sindicato da Indústria de Mármores, Granitos e Rochas afins do Estado do Rio de Janeiro - SIMAGRAN/RIO RJ 2014 a 2019 Nuria Castro   (Inicial) Rochas ornamentais
Sindicato da Indústria de Rochas Ornamentais, Cal e Calcários do Espírito Santo – SINDIROCHAS ES 2014 a 2019 Francisco Vidal   (II) Rochas ornamentais
Sindicato da Indústria de Mármores, Granitos e Rochas afins do Ceará - SIMAGRAN/CE CE 2014 a 2019 Francisco Vidal   (Inicial) Rochas ornamentais
Câmara de Cultura, Comércio, Ciência e Tecnologia das cidades e países de língua portuguesa – CCPLP BR 2013 a 2018 Diretor CETEM     Articulação com países de língua portuguesa
Associação Ambiental Monte Líbano – AAMOL ES 2012 a 2017 Francisco Vidal   (III) Resíduos de rochas ornamentais
 
ÓRGÃO PÚBLICOUFVigênciaInterlocutor Técnico CETEMInterlocutor Técnico ParceiroNível de Cooperação
Jan-2017
Objeto
Secretaria de Geologia, Mineração transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia - SGM; Departamento Nacional de Produção Mineral - DNPM; Companhia de Pesquisas e Recursos Minerais - CPRM BR 2017 a 2021 Fernando Lins   (I) Tecnologia Mineral e ambiental e estudos na área mineral
Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação superior do Estado do Ceará - SECITECE CE 2016 a 2021 Francisco Vidal   (II) Calcário (Rochas ornamentais)

Para acompanhar e avaliar periodicamente o nível de interação ou cooperação das parcerias institucionais, o CETEM adota a seguinte classificação: Inicial, nível I, nível II e nível III.

(Inicial): assinatura do acordo de cooperação ou memorando de entendimento (ou retorno a esse status inicial no mês de avaliação).
( I ): visitas técnicas recíprocas e/ou iniciativas (registradas) para estabelecer cooperação: projetos de pesquisa; intercâmbio de pesquisadores; parceria para publicação de artigos, ou outras atividades de cooperação (organização de eventos, cursos etc.).
(II): formalização de atividades específicas: projetos de pesquisa; coorientação de doutorado/mestrado/ TCC; intercâmbio de pesquisadores (semanas); elaboração ou submissão de artigos em periódicos ou congressos, ou outras atividades de cooperação
(III): execução /conclusão de atividades específicas: execução/conclusão de projetos formalmente estabelecidos; execução/conclusão de coorientação de doutorado/mestrado/ TCC; intercâmbio de pesquisadores (meses), publicação em periódicos ou anais de congressos; pedido de privilégio depositado, ou outras atividades de cooperação.

Cooperação Internacional

Parcerias Internacionais do CETEM
Clique na imagem para ampliar.


INSTITUIÇÕES DE CIÊNCIA E TECNOLOGIAPaísVigênciaInterlocutor Técnico no CETEMInterlocutor Técnico ParceiroNível de Cooperação
Jan-2017
Objeto
MINTEK África do Sul 2016 a 2019 Claudio Schneider   (Inicial) Processamento Mineral
Universidad de Santo Tomás – USTA Colômbia 2014 a 2019 Nuria Castro   (I) Rochas Ornamentais
Istituto Internazionale del Marmo – ISIM Itália 2014 a 2019 Nuria Castro   (III) Aproveitamento de resíduos de rochas ornamentais
Instituto Geológico e Mineiro da Espanha – IGME / Fundação Gomez-Pardo - FGP Espanha 2015 a 2018 Nuria Castro   (Inicial) Lavra e Processamento
Universidad Nacional de Colômbia Colômbia 2014 a 2018 Ronaldo Santos      
Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa – ISCSP/ULisboa Portugal 2013 a 2018 Francisco Fernandes      
National Institute of Standarts and Technology of the Department of Commerce of the United States of America Estados Unidos 2014 a 2019 Maria A. Góes   (III) Materiais de referência certificados de amostras minerais
Universidad Industrial de Satander – UIS - Escola de Engenharia Metalúrgica e Ciência de Materiais. Bucaramanga. Colômbia 2010 até o presente        
 
GOVERNOSPaísVigênciaInterlocutor Técnico no CETEMInterlocutor Técnico ParceiroNível de Cooperação
Jan-2017
Objeto
Agência Reguladora do Mercado do Ouro da República de Angola Angola 2015 a 2020 Diretor CETEM   (Inicial) Ouro
Ministry of Mineral of Sudan Sudão 2013 a 2018 Marisa Monte   (Inicial)  
Grupo Empresarial GEOMINSAL del Ministério de Energia y Minas de Cuba Cuba 2013 a 2018 Maria A. Goes   (Inicial)  
 
ASSOCIAÇÕESPaísVigênciaInterlocutor Técnico no CETEMInterlocutor Técnico ParceiroNível de Cooperação
Jan-2017
Objeto
German Gemmological Association Alemanha 2013 até o presente Jurgen Schnellrath   (II)  
 
EMPRESASPaísVigênciaInterlocutor Técnico no CETEMInterlocutor Técnico no ParceiroNível de Cooperação
Jan-2017
Objeto
CUMBRE DEL SAJAMA S.A Bolívia 2017 a 2021 Nuria Castro      
PANNN – Consultores de Geociencias Ltda Portugal 2016 a 2018 Paulo Braga      

Para acompanhar e avaliar periodicamente o nível de interação ou cooperação das parcerias institucionais, o CETEM adota a seguinte classificação: Inicial, nível I, nível II e nível III.

(Inicial): assinatura do acordo de cooperação ou memorando de entendimento (ou retorno a esse status inicial no mês de avaliação).
( I ): visitas técnicas recíprocas e/ou iniciativas (registradas) para estabelecer cooperação: projetos de pesquisa; intercâmbio de pesquisadores; parceria para publicação de artigos, ou outras atividades de cooperação (organização de eventos, cursos etc.).
(II): formalização de atividades específicas: projetos de pesquisa; coorientação de doutorado/mestrado/ TCC; intercâmbio de pesquisadores (semanas); elaboração ou submissão de artigos em periódicos ou congressos, ou outras atividades de cooperação
(III): execução /conclusão de atividades específicas: execução/conclusão de projetos formalmente estabelecidos; execução/conclusão de coorientação de doutorado/mestrado/ TCC; intercâmbio de pesquisadores (meses), publicação em periódicos ou anais de congressos; pedido de privilégio depositado, ou outras atividades de cooperação.

Fim do conteúdo da página