Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

CETEM desenvolve projetos de PD&I na área de desaguamento de rejeitos, com métodos de disposição alternativos ao uso de barragens convencionais

Publicado: Quinta, 07 de Fevereiro de 2019, 09h06 | Última atualização em Quarta, 13 de Fevereiro de 2019, 13h28 | Acessos: 156

Um destes  projetos é o "Estudo de melhorias operacionais no desaguamento de rejeitos da mineração para disposição na forma de pastas minerais e aumento do reuso de água de processo", coordenado pela pesquisadora Silvia França,  com apoio do CNPq.

 Os rompimentos recentes de barragens de rejeitos de minério em Minas Gerais demonstram a necessidade do desenvolvimento e adoção de métodos alternativos de armazenamento/disposição dos rejeitos da mineração, cujos volumes crescem a cada ano, devido à demanda crescente por insumos minerais e bens de consumo.

Uma das áreas estratégicas do Plano Diretor do CETEM 2017-2021 tem foco em “Água, energia e resíduos”, e abriga projetos sobre desaguamento mais eficiente de rejeitos da mineração. Esses projetos, desenvolvidos pelo grupo do Laboratório de Separação Sólido-Líquido do CETEM - com parceria de instituições como UFRJ e PUC-Rio - têm foco na produção de rejeitos pastosos, avaliação reológica de rejeitos desaguados para disposição a seco e filtragem de rejeitos para empilhamento.

Parte dessas atividades são desenvolvidas no âmbito do projeto "Estudo de melhorias operacionais no desaguamento de rejeitos da mineração para disposição na forma de pastas minerais e aumento do reuso de água de processo", coordenado pela pesquisadora Silvia França, da Coordenação de Processos Minerais/CETEM, e com apoio financeiro do CNPq/Edital CT Universal 2016.

 A redução da quantidade de água contida nos rejeitos minerais envolve melhorias no processo de agregação de partículas (uso de polímeros mais eficientes), modificações estruturais e operacionais nos equipamentos de desaguamento, além da avaliação reológica/estabilidade dos rejeitos desaguados. A produção de rejeitos adensados, pastosos e em forma de tortas (filtragem) permite o uso de métodos de disposição a seco, alternativos às barragens de rejeito convencionais, os quais apresentam-se mais seguros e ambientalmente mais amigáveis. Outra grande vantagem do desaguamento mais eficiente desses rejeitos é a possibilidade de recuperação de grandes volumes de água de processo, para reuso na usina de beneficiamento.

 Aspectos da consistência de rejeitos minerais após desaguamento (Fotos: Trampus & França; *redmud.org)Aspectos da consistência de rejeitos minerais após desaguamento (Fotos: Trampus & França; *redmud.org)

Após mais um desastre ambiental de grandes proporções, com centenas de vítimas fatais, o CETEM mantém sua missão de desenvolver tecnologias inovadoras e sustentáveis, e mobilizar competências visando superar desafios nacionais do setor mineral.

registrado em:
Fim do conteúdo da página