Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Global Stone Congress 2018: congresso realizado em Ilhéus-BA debateu importantes questões relativas ao setor de rochas ornamentais no Brasil e no mundo

Publicado: Quarta, 16 de Maio de 2018, 18h52 | Última atualização em Segunda, 30 de Julho de 2018, 15h40 | Acessos: 372

A cidade de Ilhéus, na Bahia, recebeu o Global Stone Congress 2018 (GSC), intitulado Connecting Minds in the World of Stone, entre os dias 26 e 29 de abril.  A sexta edição do evento, organizada pela Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS) e pelo Centro de Tecnologia Mineral (CETEM) , reuniu 170 participantes, entre pesquisadores ligados ao setor de rochas ornamentais de instituições brasileiras e internacionais, arquitetos, designers, engenheiros, geólogos, estudantes universitários, além de representantes do setor produtivo, com o objetivo de compartilhar conhecimentos e discutir os desafios para o desenvolvimento setorial. Palestrantes da Arábia Saudita, Argentina, Brasil, Chile, Espanha, Finlândia, Inglaterra, Irã, Itália, Portugal, República Tcheca e Suécia prestigiaram o evento. Foram apresentadas 17 palestras e 55 trabalhos nas sessões técnicas e houve três mesas redondas. O evento contou com o apoio da APEX, do Governo Estadual da Bahia, por meio das Secretarias de Desenvolvimento Econômico e de Turismo e da Companhia Baiana de Pesquisa Mineral, da Prefeitura Municipal de Ilhéus e das empresas Gestra, de cortadoras de pedras, e a Apollo de logística.

Segundo Fernando Lins, diretor do CETEM, a realização do GSC é de grande importância, por aproximar grupos de pesquisa do Brasil e do mundo e por promover a internacionalização e difusão de conhecimentos, em benefício do setor industrial. Na primeira edição do evento, organizada pelo CETEM e pelo CETEMAG, quando ainda era denominado International Congress on Dimension Stones, em Guarapari-ES, em 2005, recebeu 15 delegados estrangeiros, enquanto em 2018 foram 41.

As palestras, workshops, sessões técnicas com apresentações orais e de pôsteres, tópicos especiais e mesas redondas focaram nas temáticas: Arquitetura, Tecnologia e Sustentabilidade. Ganharam destaque apresentações sobre: o papel estratégico do arquiteto, como intermediário entre a indústria e os consumidores, no sentido de saber especificar corretamente as rochas naturais a serem utilizadas nos projetos arquitetônicos, a fim de manter o interesse pelo uso da rocha natural; a importância da exclusividade, como materiais únicos, das rochas naturais no mercado de revestimentos frente aos materiais cerâmicos e rochas aglomeradas que vêm ganhando cada vez mais espaço; o desafio  da aplicação do modelo de indústria 4.0 ao setor de rochas ornamentais; a necessidade de investimentos em pesquisa e tecnologia para geração de produtos de rochas com alto valor agregado; as tecnologias globais que vêm sento utilizadas no setor; mercado mundial, com destaque para o Oriente Médio; economia circular; soluções sustentáveis a serem aplicadas no processamento das rochas; e aproveitamento de resíduos de rochas em novos produtos, na construção civil e agricultura.

Ao término do congresso, os participantes realizaram visita técnica a duas pedreiras de extração de dois tipos de rocha ornamental no Estado da Bahia: o Granito Azul (sodalita) da empresa Somibrás, em Potiraguá, e o pegmatito da empresa Ouro Campo, em Macarani. A visita permitiu aos participantes, além de acompanhar o processo de extração, compreender um pouco do contexto geológico que levou à formação das rochas na região.

SOBRE O GSC │O Global Stone Congress está se consolidando como o principal evento técnico-científico mundial do setor de rochas ornamentais. Teve sua primeira edição em 2005, em Guarapari - ES, quando ainda era designado International Congress on Dimension Stones (ICDS). Na ocasião, o evento resultou de uma parceria entre o CETEM, instituição de pesquisa integrante do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC ), e o Centro Tecnológico do Mármore e Granito (CETEMAG), com apoio da ABIROCHAS, e de outras instituições filiadas à Rede Brasileira de Tecnologia e Qualidade em Rochas Ornamentais (RETEQ-ROCHAS). Outras edições do evento foram subsequentemente realizadas na Itália (2008), Espanha (2010), Portugal (2012) e Turquia (2014), adotando-se, a partir da Espanha, a designação formal Global Stone Congress. O CETEM participou da organização de três das seis edições (Brasil, Itália) e faz parte do Comitê Gestor do GSC.

O local de realização do próximo Global Stone Congress ainda não foi definido. Foram apresentadas quatro pré-propostas de Portugal, Irã, Itália e Dubai (EAU). O Comitê Gestor Internacional do GSC definirá o local para o GSC 2020 ou 2021, a partir da apresentação de propostas formais.

O GSC 2018 integrou o calendário de comemorações pelos 40 anos do CETEM, celebrado no último dia 18 de abril.

registrado em:
Fim do conteúdo da página